Jigsaw

Eu quero jogar um jogo…

Vocês conhecem essa frase, certo?

É de um tão famoso vilão das telinhas, Jigsaw, o boneco que adora um joguinho de tortura!

Jigsaw2.gif

Mas quem está por trás desse boneco assustador? E o que quer? Querer não é poder meus queridos, mas não para Jigsaw. Ele é protagonista da franquia Jogos Mortais (Saw) leia sobre aqui.

E por trás desse “brinquedo de criança” esconde-se o maior psicopata torturador do universo do terror. CUIDADO! O texto pode conter alguns spoilers.

Seu nome é John Kramer, interpretado por Tobin Bell, era um engenheiro civil muito talentoso. Tinha uma esposa que estava grávida e sua vida era normal. Alguns anos atrás, um homem, que passava apressado na clínica onde sua mulher, Jill Tuck, trabalhava, empurrou com muita força a porta, e Jill encontrava-se atrás dela, matando seu filho dentro da barriga da mãe. Depois de um tempo, John descobriu que tinha um tumor cerebral, e poderia morrer.

Desde que perdeu o filho e descobriu o câncer que tinha, ele tentou se matar. Propositalmente cometeu um acidente de carro, e nesse mesmo acidente, ele fica com um cano de metal atravessado em sua barriga, mas consegue retirá-lo. Mesmo com o grave ferimento, ele ainda estava vivo. Nesse momento, entendeu que devia dar lições de vida.

A partir de então, John se tornou um Serial Killer, de uma maneira diferente. Ele submetia suas vítimas escolhidas a jogos, em que se caso não seguissem as regras, acabavam morrendo. Porém, em cada jogo, havia uma chance para a vítima sobreviver.Quando surgiram as primeiras vítimas dos “jogos mortais”, a polícia foi investigar, e, nos corpos das vítimas, encontravam sempre uma marca: uma peça de quebra-cabeça. Isso fez com que a mídia chamasse o assassino de “Jigsaw” (quebra-cabeça, em inglês).

Essa marca deixada por John indicava que falta algo a essa pessoa, explicando seus jogos como se fossem algum tipo de renascimento, uma reabilitação.
 
John usou seu talento como engenheiro para construir seus geniais instrumentos usados nos jogos. Além de ter construído um boneco, que usava para comunicar-se com suas vítimas através de gravações, para evitar que sua verdadeira identidade fosse revelada.
John acaba morrendo durante um de seus jogos, em que, por vingança, um dos escolhidos de seus jogos o mata com uma serra na garganta.
 
Seu aspecto mais marcante é o fato dele sempre dar opções às vítimas, para que elas escolham entre a vida e a morte. Segundo o personagem, isto faria com que os participantes de seu jogo valorizassem a vida que têm. Por esse motivo, ele diz que não deve ser chamado de assassino, pois, na sua visão, todos os participantes têm a chance de sobreviver. É muito perspicaz e analista a ponto de prever todas as reações possíveis das suas vítimas, e faz suas armadilhas em função disso, de forma a não haver nenhuma outra fuga além da proposta por ele.
Jigsaw.jpg

Então lembre-se!

Depois de ver a morte de perto, você entende o valor real da vida!
-John Kramer
Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s